-->

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

A ARTE DE AMAR - A FRAGRÂNCIA DE DEUS


Saudações, pessoas!

O amor é contagiante. Ele é quase como uma droga, ele é viciante, extasiante. Ao contrário das drogas, ele faz bem, ele é vivificante. Ah, se as pessoas experimentassem o amor! Nesse texto vim lhes falar da arte de amar.

A arte de amar é a arte, o modo de vida, de edificar o amor, de optar pelo amor ao invés da dor, do desprezo, da amargura, da ingratidão. Quando você começa a levar a vida pelo caminho do amor, do amar, tudo muda, tudo fica leve, tudo é motivo para escolher amar.

A vida é feita de amor, mesmo que muitas pessoas vivam sem ele. O ar que você respira é a vida que te ama. O raiar do sol é Deus lhe dando bom dia. O canto dos pássaros é a natureza lhe oferecendo sua beleza. O sangue que corre em suas veias é o amor que seu corpo tem por você e assim vai... O Amor é Vida e está sempre presente em toda a Criação.

O que acontece é que muitas pessoas esquecem-se desse Amor, esquecem-se dessa Essência primeva da Vida. Há um campo de energia que circunda tudo e que a tudo move, como se fosse a mesma Energia presente em todas as coisas. Alguns podem até chamá-lo de prana, de energia vital, de átomos, de Deus ou, simplesmente, de energia. Mas eu diria que essa Energia é Amor.

Nada, absolutamente nada pode se afastar do amor. Não existe alguém que não esteja dentro desse campo onipresente da Vida. O que acontece é que as pessoas negam o Amor e, então, não amam. Porém, o Amor continua presente como suspiro vital da vida una.

O homem que nega o amor, que evita o amor, apenas evita sua própria essência e se distancia de sua felicidade. A essência do Ser é amor, uma vez que você retire todas as máscaras, todos os medos, todos os padrões.. uma vez que sua identidade caia, o que resta é Amor, é Paz. Portanto, o Ser é Amor e, no momento que você escolhe amar, você começa a expressar o Ser.

Deus é o Perfume do Amor dentro de cada Alma. As Almas, por sua vez, são as Flores que, ao se abrirem para o Amor, permitem que seus aromas se exalem e iluminem o mundo com a fragrância da Paz. Ah, se as pessoas amassem, quão melhor não seria o mundo?

Eu te convido, amigo(a), à praticar o Amor em seu dia a dia. Falar de Amor é fácil, mas praticá-lo é que é necessário. Dar um abraço, um sorriso, um carinho. Ser compreensivo, generoso, caridoso. Estar disponível para ajudar e para receber ajuda. Parar com as auto-piedades e praticar a gratidão. Desse modo, pouco a pouco, o Amor vai florindo e exalando sua fragrância, Deus vai se manifestando e a vida vai se transformando num jardim de oportunidades para o Bem.

E, falando em Bem, tudo e todos caminham para ele. Cedo ou tarde as Almas se fundirão no Oceano da Divindade ou, em outras palavras, voltarão-se ao Amor maior.

Namastê!
Gratidão!

Texto: Cristian Dambrós


4 comentários:

  1. Partilho da mesma forma de ser e estar...gratidão Cristian Dambrós pelo lindo texto. Namasté !

    ResponderExcluir
  2. Que texto maravilhoso!!...realmente, perfeito.

    ResponderExcluir